receba a newsletter

seu carrinho

Seu carrinho encontra-se vazio.

curso

Sistemas de Controle Interno e Controladoria Municipal


Oficinamunicipal-grid_6


Datas: 10.12.2018
Área: Transversal
Tema: Administração Pública Municipal
Carga horária: 4 horas
Público-alvo: Gestores que atuam em órgãos municipais; Funcionários de órgãos públicos que atuam em departamentos com atribuições de planejamento, controle e monitoramento de políticas públicas; Servidores públicos de Prefeituras e Câmaras Municipais interessados no assunto; Estudantes de graduação e pós-graduação de administração pública e áreas correlatas.

Objetivos:

a)    Apresentar de forma resumida os conceitos e princípios sobre Controle Interno e apontar o funcionamento dos processos.

b)    Explicar os instrumentos de Controle Interno, viabilizando a aplicabilidade dada à realidade dos Municípios Brasileiros.

c)    Elucidar as possibilidade e ferramentas de auditoria interna em uma perspectiva de auditoria de gestão e de programas.

d)   Elucidar sobre a implementação de todas as macrofunções

e)    Esclarecer aspectos práticos e principais mudanças no Planejamento Estratégico e no Planejamento de Operação de órgãos de Controle Interno.

f)     Elucidar sobre os princípios e as leis da área de Controle Interno.

g)    Incitar a reflexão e expor estratégicas para formulação de unidades de controle, PAINT, RAINT e projetos em parcerias com órgãos externos.

h)      Propiciar uma rede de intercâmbio de boas práticas com a presença de municípios de diferentes portes em sala de aula.

 

Resultados: O participante do curso entende que as mudanças trazidas com a evolução das unidades de controle geram eficiência, eficácia e efetividade do setor público, além de contribuir para a consolidação da cultura de promoção de integridade pública. O participante terá condições de compreender melhor as macrofunções do controle interno, também estará apto a formular e implementar matrizes de risco, tendo também uma melhor percepção das fases e dos desafios práticos do planejamento de uma controladoria e quais instrumentos pode utilizar durantes auditorias.   

Orientação e Justificativa:

Pensar o Controle Interno, as Controladorias Municipais e o Sistema de Controladoria no sentido amplo observando suas macrofunções e aplicabilidade é uma tarefa difícil.  Fazer o controle interno com foco na gestão de competências e gestão de resultados observando as melhores ferramentas para potencializar o controle das unidades auditáveis é um grande desafio para os Municípios. Soma-se a este cenário a manutenção da autonomia e independência da Instituição que por sua vez também faz parte do poder executivo municipal e/ou Estadual.   O entendimento do controle interno na tomada decisão, na formulação, na implementação, na avaliação e no monitoramento faz parte de uma aprendizagem que empodera o servidor frente uma cultura de controle.  Entender o Controle e conseguir aplicar seus elementos de forma técnica gera eficiência, eficácia, efetividade e amplia a cultura de promoção da integridade pública.

Este curso assume humildemente a tarefa de apresentar os principais conceitos e possíveis aplicabilidades que compõem o novo olhar do controle interno.  Também é uma atividade que pretende incitar uma reflexão crítica a respeito do tema Controladorias Municipais e Sistemas de Controladoria, uma vez que estes temas compõem pontos nevrálgicos dentro das estruturas organizacionais de Prefeituras e Estados brasileiros.

 

Esta atividade de formação faz parte de uma série de cursos contínuos. A compra de mais de um curso gera descontos. Para maiores informações, envie um e-mail para: [email protected]

Metodologia:

Aulas expositivas dialogadas, Canvas , Exercício prático de Auditoria, Exercício de LAI, Exercício d Maturidade de Controle, Exercício de Matriz , Exercício de Portais e Dados abertos, Dinâmica  de Planejamento Estratégico e Integridade Pública. 

Temas:

 

 Conceitos de Controle Interno, Controladorias Municipais, Sistema de Controladoria, Gestão do Risco, Matrizes de Risco, Auditorias, Planejamento Estratégico para Controle Interno, Dados abertos, Transparência, Corregedoria, Ouvidoria, Combate à Corrupção, Planejamento de Operação, Demandas Especiais, Gestão por Resultados.

investimento

1 pessoa R$ 250,00

inscrições até 03.12.2018

40 vagas
A oficina ocorrerá com o preenchimento de no mínimo 10 vagas.


programa completo

Auditorias Especiais

10.12.2018, 09:00-10:00

Professor: Barbara Krysttal Motta Almeida Reis

Oficina de Lei de Criação de Controladorias

10.12.2018, 10:00-11:00

Professor: Barbara Krysttal Motta Almeida Reis

Oficina de Auditoria

10.12.2018, 11:00-12:00

Professor: Rafael Carrara

Oficina de Matriz de Risco

10.12.2018, 12:00-13:00

Professor: Barbara Krysttal Motta Almeida Reis

coordenador

Gustavo Adolfo Pedrosa Daltro Santos

Doutor em Teoria Política (Catholic University of America – USA), Gerente de Programas da Oficina Municipal

professores

Barbara Krysttal Motta Almeida Reis

Gestora de Políticas Públicas (USP), pós graduanda da Escola de Contas do Município de São Paulo, pós graduanda em Gestão Pública (Unifesp), líder de Pesquisa do Grupo de Políticas Públicas de Defesa Nacional Na Escola Superior de Guerra do Rio de Janeiro, conselheira fiscal da COAHB – SP, Conselheira Fiscal da Fundação Theatro Municipal. Atuou como Chefe de Assessoria Técnica da Controladoria Geral do Município de São Paulo. Coordenadora de Auditora Interna (Substituta) na Controladoria Geral do Município de São Paulo, assessora especial de Auditoria Interna na Controladoria Geral do Município de São Paulo  e assessora Técnica II de Auditoria Interna na Controladoria Geral do Município de São Paulo. Experiência anterior na Corregedoria Geral do Estado de São Paulo no departamento de Instrução Processual.

Atua na área de Combate à Corrupção e Promoção da Integridade Pública, com forte atuação em operações especiais e operações em parceria de busca e apreensão em complemento. Realiza e participa de auditorias operacionais, auditorias de governo local, auditorias especiais, planejamento de operações, planejamento estratégico, elaboração de notas técnicas, elaboração de notas de arrecadação, elaboração de matrizes de risco de São Paulo e auxilia na formulação e implementação das unidades de controle interno. Soma-se a isso ministra palestras na área de Controle Interno, gestão do Risco, Auditorias de Programas, Auditorias de Programas de Defesa Nacional, Sistema Diálogo (TCM-CGM), Ciclo de Compras, Perfil de Resultados em Controladorias e 3 Linhas de Defesa ( em controle Interno). Em complemento possui experiência na Corregedoria Geral do Estado de São Paulo no departamento de Instrução Processual.Atua na área de Combate à Corrupção e Promoção da Integridade Pública, com forte atuação em operações especiais e operações em parceria de busca e apreensão em complemento realiza e participa de auditorias operacionais, auditorias de governo local, auditorias especiais, planejamento de operações, planejamento estratégico, elaboração de notas técnicas, elaboração de notas de arrecadação, elaboração de matrizes de risco de São Paulo e auxilia na formulação e implementação das unidades de controle interno.  Soma –se a isso ministra palestras na área de Controle Interno, gestão do Risco, Auditorias de Programas, Auditorias de Programas de Defesa Nacional, Sistema Diálogo (TCM-CGM), Ciclo de Compras, Perfil de Resultados em Controladorias e 3 Linhas de Defesa ( em controle Interno). Em complemento possui experiência na Corregedoria Geral do Estado de São Paulo no departamento de Instrução Processual.

Rafael Carrara

Formação em Gestão de Políticas Públicas pela Universidade São Paulo, com experiência na área de finanças públicas, gestão de processos e controle interno junto a Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo e a Controladoria Geral do Município de São Paulo.

Rafael de Sordi Zanola

Advogado graduado pela Universidade Mackenzie; realizou especialização em Política Territorial e Urbanística na Universidade Carlos III de Madrid e curso de extensão universitária sobre Temas Fundamentais de Regularização Fundiária na EPM – Escola Paulista da Magistratura. Prestou assessoria jurídica a dezenas de municípios paulistas na matéria da regularização fundiária de parcelamentos e assentamentos irregulares através do Programa Estadual de Regularização Fundiária – Cidade Legal, da Secretaria Estadual de Habitação. Foi assessor jurídico da Secretaria de Habitação e Desenvolvimento Urbano de Osasco – SP. Atua profissionalmente como consultor em temas de direito urbanístico e ordenamento territorial. 


investimento

1 pessoa R$ 250,00

inscrição até 03.12.2018

40 vagas
A oficina ocorrerá com o preenchimento de no mínimo 10 vagas.



local

Oficina Municipal

Rua Padre Garcia Velho, 73 cj 61
05421-030 São Paulo SP

compartilhe

Indique essa oficina:


facebook
twitter
email
delicious


atividades relacionadas

Administração pública municipal

Oficina

Administração Pública Municipal – inovação e comunicação governamental

Área:
Tema: Administração Pública Municipal
clique para saber mais

Curso

Política Municipal e Regional - Curso V - Férias

Área: Cidadania e Política
Tema: Administração Pública Municipal
clique para saber mais

Curso

Obras Municipais e Modernização Administrativa: agenda para 2012-2020

Área:
Tema: Obras / Infraestrutura, Planejamento Municipal, Administração Pública Municipal
clique para saber mais

sob encomenda

As oficinas e cursos apresentados no site da Oficina Municipal podem ser encomendados para serem realizados em seu município ou instituição. Clique aqui, faça sua solicitação e logo receberá uma proposta.