receba a newsletter

seu carrinho

Seu carrinho encontra-se vazio.

curso

Formação Política para Cristãos


Oficinamunicipal-grid_6
crédito foto: http://pt.freeimages.com/photo/walking-1529812


Área: Cidadania e Política
Tema: Cidadania e Política
Carga horária: 20 horas
Público-alvo: Estudantes de graduação e pós-graduação em Teologia, Filosofia, Psicologia, Direito, Economia, Ciências Sociais, Ciência Política, Administração Pública e áreas correlatas; colaboradores de entidades da sociedade civil, empresários e servidores públicos; leigos e leigas que participam de pastorais, movimentos eclesiais e novas comunidades católicas, bem como outras comunidades e igrejas cristãs; pessoas com interesse em aumentar seu conhecimento sobre participação e ética na política, independentemente de credo religioso.

Objetivos:

Esse curso quer oferecer aos participantes uma melhor compreensão sobre os conceitos básicos do Ensino Social Cristão. Ao final do curso, queremos que os participantes sintam-se mais motivados ao engajamento social e político, em suas comunidades e Igrejas e aproveitam melhor as oportunidades de participação existentes nos diversos níveis de Governo e em outras organizações, tais como partidos políticos e conselhos municipais. 

Orientação e Justificativa:

As instituições do Estado brasileiro, a ordem política, o sistema eleitoral e partidário e a própria ideia de democracia representativa enfrentam uma crise de confiança por parte dos cidadãos. Isso é fruto da crescente tomada de consciência pelos eleitores e dos processos de combate à corrupção que a política nacional tem experimentado nos últimos anos. Se por um lado parece que caminhamos em direção ao progresso das instituições e ao aumento da participação popular na vida pública, persiste ainda um anseio coletivo por novos princípios, valores e modelos de Estado capazes de construir um país mais justo e fraterno com ajuda das políticas públicas.

 

Nesse contexto, a Oficina Municipal vem há 17 anos, por meio de programas de formação em cidadania e política, auxiliando cidadãos e gestores públicos na compreensão das instituições e da política. Exemplo disso é o programa Cidadania e Política, iniciado em 2008, que já formou cerca de dois mil alunos. Em 2015 passamos a oferecer formação no campo da filosofia, antropologia e do ensino social cristão com o programa PASP – Princípios para Ação Social e Política.

 

Cientes do desafio de formar cidadãos para a vida cívica e política - numa perspectiva da renovação do quadro de lideranças para o futuro, a partir de um engajamento consciente no presente – é oferecido o programa de Formação Política para Cristãos. Este programa se volta especialmente a leigos e leigas que participam de pastorais, movimentos eclesiais e novas comunidades católicas, bem como outras comunidades e igrejas cristãs que buscam aprofundar seus conhecimentos sobre os princípios do Ensino Social Cristão numa perspectiva aplicada à realidade em que vivem. O curso também está aberto a quaisquer pessoas com interesse em aumentar seu conhecimento sobre participação e ética na política, independentemente de credo religioso.

 

Este curso faz parte do calendário anual de atividades subsidiadas pela Fundação Konrad Adenauer (Konrad-Adenauer-Stiftung - KAS), fundação política alemã de orientação democrata-cristã. Iniciada em 2002, a parceria entre a Oficina Municipal e a KAS tem como missão colaborar com o fortalecimento da democracia, da cidadania e da política municipal. A Formação Política para Cristãoscumpre um dos objetivos para o triênio 2018-2020: motivar os participantes a se engajarem social e politicamente.

Temas:

Liderança; Ideologias; Estado de Direito; Pessoa e Comunidade; Sociedade Civil; Subsidiariedade; Sustentabilidade; Federalismo; Política municipal;  Estado Laico; Pluralismo e diálogo democrático. 

parceria

Fundação Konrad Adenauer - Konrad Adenauer Stiftung - KAS; Núcleo Fé e Cultura - PUC-SP; NUCEP - Núcleo Cristão de Experiência Política


programa completo

Subsidiariedade, sustentabilidade e política municipal - Parte 1

O princípio da subsidiariedade surge nos textos das Encíclicas Papais ao longo dos séculos XIX e XX e é um marco referencial para a Política e Economia. Trata da importância da descentralização do poder, seja aplicado às grandes estruturas de Estado e de Governo, seja nas relações comunitárias, igrejas e famílias. Essa aula traça os marcos referenciais desse conceito e estabelece uma relação com a estrutura federativa brasileira e também com a autonomia dos governos municipais.

Subsidiariedade, sustentabilidade e política municipal - Parte 2

O princípio da subsidiariedade surge nos textos das Encíclicas Papais ao longo dos séculos XIX e XX e é um marco referencial para a Política e Economia. Trata da importância da descentralização do poder, seja aplicado às grandes estruturas de Estado e de Governo, seja nas relações comunitárias, igrejas e famílias. Essa aula traça os marcos referenciais desse conceito e estabelece uma relação com a estrutura federativa brasileira e também com a autonomia dos governos municipais.

Participação dos cristãos no Estado Laico: pluralismo e diálogo democrático - Parte 1

Participar é um dever a ser conscientemente exercitado por todos, de modo responsável, visando o Bem Comum. Como se delimita essa participação dentro do Estado Laico, em uma sociedade plural, dentro dos parâmetros de plenitude do Estado Democrático de Direito? Essa aula convida à reflexão de uma maneira que vai além da mera separação entre as esferas civil, política e religiosa.

Participação dos cristãos no Estado Laico: pluralismo e diálogo democrático - Parte 2

Participar é um dever a ser conscientemente exercitado por todos, de modo responsável, visando o Bem Comum. Como se delimita essa participação dentro do Estado Laico, em uma sociedade plural, dentro dos parâmetros de plenitude do Estado Democrático de Direito? Essa aula convida à reflexão de uma maneira que vai além da mera separação entre as esferas civil, política e religiosa.

Crises de liderança, ideologia e Estado Brasileiro - Parte 1

A aula explora o conceito de representação na política, relacionando-o ao de liderança e ao de ideologia, para provocar uma reflexão sobre a crise de liderança por que atualmente passamos. Após a apresentação de diferentes dimensões da representação política, são analisadas criticamente duas visões ideológicas importantes da modernidade, concluindo com uma sugestão a respeito do posicionamento dos cristãos diante das alternativas em disputa.

Crises de liderança, ideologia e Estado Brasileiro - Parte 2

A aula explora o conceito de representação na política, relacionando-o ao de liderança e ao de ideologia, para provocar uma reflexão sobre a crise de liderança por que atualmente passamos. Após a apresentação de diferentes dimensões da representação política, são analisadas criticamente duas visões ideológicas importantes da modernidade, concluindo com uma sugestão a respeito do posicionamento dos cristãos diante das alternativas em disputa.

Pessoa e comunidade: fortalecimento da sociedade civil - Parte 1

A natureza humana será analisada dentro de uma proposta de autonomia e diálogo de reciprocidade entre a fé e a razão, apresentando o conceito de pessoa, não como uma noção moral, mas como uma realidade metafísica. Com o auxílio da fenomenologia de Husserl, Edith Stein (1891-1942) concebe uma antropologia capaz de pensar as questões originadas pela modernidade, aprofundando o tema da singularidade pessoal, sua liberdade e responsabilidade, e da vida comunitária como constitutiva de todo ser humano.

Pessoa e comunidade: fortalecimento da sociedade civil - Parte 2

A natureza humana será analisada dentro de uma proposta de autonomia e diálogo de reciprocidade entre a fé e a razão, apresentando o conceito de pessoa, não como uma noção moral, mas como uma realidade metafísica. Com o auxílio da fenomenologia de Husserl, Edith Stein (1891-1942) concebe uma antropologia capaz de pensar as questões originadas pela modernidade, aprofundando o tema da singularidade pessoal, sua liberdade e responsabilidade, e da vida comunitária como constitutiva de todo ser humano.

coordenador

José Mario Brasiliense Carneiro

Advogado com especialização em Direito Político, Administrativo e Financeiro pela USP/SP, Doutor em Administração de Empresas e Mestre em Administração Pública pela EAESP/FGV, com Pós-Graduação em Gestão de Projetos pelo PECE-EAESP/FGV e Teologia/Doutrina Social da Igreja pela Pontifícia Universidade Lateranense de Roma. Foi Coordenador de Projetos da Fundação Konrad Adenauer e Consultor da FUNDAP-Governo do Estado de São Paulo. É diretor-presidente e fundador da Oficina Municipal. 

professores

José Mario Brasiliense Carneiro

Advogado com especialização em Direito Político, Administrativo e Financeiro pela USP/SP, Doutor em Administração de Empresas e Mestre em Administração Pública pela EAESP/FGV, com Pós-Graduação em Gestão de Projetos pelo PECE-EAESP/FGV e Teologia/Doutrina Social da Igreja pela Pontifícia Universidade Lateranense de Roma. Foi Coordenador de Projetos da Fundação Konrad Adenauer e Consultor da FUNDAP-Governo do Estado de São Paulo. É diretor-presidente e fundador da Oficina Municipal. 

Gustavo Adolfo Pedrosa Daltro Santos

Doutorado em Teoria Política pela Catholic University of America (2013), mestrado em Teoria Política pela Catholic University of America (2009), mestrado em Antropologia Social pela Universidade Estadual de Campinas (2002) e graduação em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Campinas (1996). Foi vice-diretor da Oficina Municipal, guest scholar (pesquisador convidado) no Kellogg Institute for International Studies da Universidade de Notre Dame, South Bend, IN e coordenador de projetos na área de formação política para a Fundação Konrad Adenauer no Brasil. Tem experiência nas áreas de Antropologia Social e Ciência Política, com ênfase em Teoria Política, atuando principalmente nos seguintes temas: teoria política moderna e contemporânea, política e religião, imaginação e política, formação política, etnicidade e identidades

Thais Novaes Cavalcanti

Doutora e Mestre em Direito Constitucional pela PUC/SP. Master em Teologia pela Pontificia Universitá Lateranense de Roma – Itália. Professora do programa de Mestrado da Universidade Católica de Salvador, professora da Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo.

Maria Cecilia Isatto Parise

Mestre em História da Filosofia pela Universidade de Paris I – Panthéon/Sorbonne. Mestre em Filosofia pela Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP. Graduada em filosofia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Foi Professora de filosofia do Seminário Mater Ecclesiae. Professora palestrante e membro do Conselho consultivo da Oficina Municipal – Escola de Cidadania e Gestão Pública, SP. Pesquisadora em grupos vinculados à UNIFESP, FATEA (Lorena), UFC, Psicologia Clínica da USP, GT “O pensamento fenomenológico de Husserl, Edith Stein e o Círculo de Gotinga” da ANPOF.  Áreas de pesquisa: fenomenologia de Hegel, fenomenologia de Edmund Husserl e Edith Stein, antropologia filosófica, fenomenologia da religião, fé e razão. Fundadora e administradora, com mais três colegas, do site edithstein.com.br


compartilhe

Indique essa oficina:


facebook
twitter
email
delicious


atividades relacionadas

Cidadania e política

Curso

Princípios para Ação Social e Política - Gênero

Área: Cidadania e Política
Tema: Cidadania e Política
clique para saber mais

Curso

Fake News e a Nova Esfera Pública Virtual

Área:
Tema: Cidadania e Política
clique para saber mais

Curso

Diálogos com Universitários - UNIFESP

Área:
Tema: Cidadania e Política
clique para saber mais

sob encomenda

As oficinas e cursos apresentados no site da Oficina Municipal podem ser encomendados para serem realizados em seu município ou instituição. Clique aqui, faça sua solicitação e logo receberá uma proposta.