* Todos os campos são obrigatórios

Fique por dentro dos cursos e eventos realizados pela Oficina Municipal!

curso

voltar
  • Objetivos do curso

  • Apresentação e Justificativa: A qualidade da gestão ambiental por uma Prefeitura passa pela construção adequada de programas que se destinam ao gerenciamento, separação e destinação dos resíduos recicláveis nos seus municípios. Viabilizar um programa de coleta seletiva é parte integrante desta lógica e um item essencial dos governos que querem estabelecer uma política municipal de gestão ambiental verdadeiramente duradoura e eficaz. E apesar de representarem apenas parte de uma política pública de gestão ambiental que é mais abrangente, os programas de coleta seletiva não são tarefas simples. Demandam vontade política, recursos humanos, recursos financeiros, equipamentos específicos, espaço físico e obras de transformação em uma cidade. Para as Prefeituras, um programa bem elaborado, no entanto, também se torna uma ferramenta importante de desenvolvimento e inclusão socioambiental, especialmente através do desenvolvimento de parcerias com cooperativas de reciclagem.

    Objetivos do Curso:

    a)     Esclarecer os aspectos essenciais da Política Nacional de Resíduos Sólidos, instituída pela Lei 12.305/2010 no Brasil;

    b)     Esclarecer as etapas básicas para o planejamento de um programa municipal de coleta seletiva;

    c)     Apresentar uma metodologia para o diagnóstico local, ponto de partida do programa;

    d)     Elencar modelos de programas de coleta seletiva;

    e)     Explicitar técnicas possíveis para operação e monitoramento do programa;

    f)       Revelar os passos básicos para a implantação e gestão de parcerias com cooperativas de coletores de material reciclável;

    g)     Mostrar experiências práticas de Prefeituras que auxiliem o participante a já iniciar um benchmarking a partir do curso presencial. 

    Inscrição Gratuita: Por tratar-se de atividade subsidiada pela Fundação Konrad Adenauer, este curso é oferecido gratuitamente a servidores públicos municipais de Prefeituras e Câmaras Legislativas. Para democratizar o acesso, possibilitando a participação de um número maior de municípios, fica estabelecido o limite de 3 (três) inscrições por Prefeitura ou Câmara Municipal. Quando houver mais interessados na atividade a Oficina Municipal abrirá listas de espera para montagem de nova(s) turma(s). Também é possível realizar a atividade in company, sob encomenda, na sede de sua Prefeitura ou Câmara Municipal.

    IMPORTANTE: Os participantes inscritos que por ventura desistirem da vaga, deverão informar a Oficina Municipal com antecedência mínima de 3 (três) dias úteis anteriores à realização da atividade; Os participantes inscritos que não informarem sobre a desistência ou não comparecerem, ficarão impossibilitados de participar de quaisquer atividades gratuitas da Oficina Municipal por um período de 12 (doze) meses.

    Temas:
    Meio Ambiente

  • Programa completo

  • Política Nacional de Resíduos Sólidos

    Panorama geral dos Resíduos sólidos, constando: fontes geradoras, classificação; dados de Geração e de disposição no Brasil; formas de disposição do lixo; Formas de gerenciamento dos resíduos sólidos (coleta seletiva, logística reversa, reciclagem, compostagem, geração de energia à partir do lixo, entre outras) com destaque para o Art. 9º da Política Nacional de Resíduos Sólidos que aborda a ordem de prioridade na gestão e gerenciamento dos resíduos sólidos. Política Nacional de Resíduos sólidos: conceitos, definições, objetivos; deveres do Poder Público e Privado, destaques da Lei e o papel dos Municípios.

    O Programa de Coleta Seletiva no Município e as Cooperativas

    Etapas para implementação do programa; A importância do diagnóstico local; metodologias para o diagnóstico; Modelos de programas municipais de coleta seletiva; Modelos e técnicas para operação, monitoramento, custo operacionais, apoio logístico, divulgação e avaliação do programa; Modelos jurídicos para implementação de cooperativas e/ou gestão de parcerias com cooperativas de coletores; Análise de benefícios e metas do programa; Melhoria contínua do programa; gestão de mudanças

  • Professores

  • Oficinamunicipal-grid_2

    Jetro Menezes

    Gestor Ambiental, Auditor Ambiental ISO 14000, pós-graduação em Saneamento Ambiental e Docência Superior. Ex-Coordenador do Programa de Coleta Seletiva da Prefeitura de São Paulo. Ex-Diretor de Meio Ambiente de Franco da Rocha. Está trabalhando na Prefeitura de Mairiporã, ocupava o cargo de Chefe de Gabinete da Secretaria de Meio Ambiente e atualmente ocupa o cargo de Coordenador de Programas e Projetos na Secretaria de Obras, Serviços e Habitação. Responsável pela elaboração do Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos de Mairiporã/SP e pela implantação do Programa Municipal de Coleta Seletiva. Ainda atua como Consultor Ambiental na ONG Movimento Eco Cultural.

    Oficinamunicipal-grid_2

    Adriana Jazzar Bazzali

    Geógrafa pela PUC/SP; MBA em Gestão Ambiental; Mestre em Tecnologia Ambiental pelo IPT, tendo como tema da dissertação “A Política Nacional de Resíduos Sólidos e a Responsabilidade Compartilhada para o segmento de eletrodomésticos”; Docente do curso de pós-graduação em Gestão Ambiental do SENAC. Especializada em gerenciamento de resíduos sólidos. Diretora de projetos da consultoria ECOAÇÃO.

  • Coordenadores

  • Noimg-grid_2

    Eder Brito

    Mestre em Administração Pública (Korea  University); Mestrando em Gestão de Políticas Públicas (EACH-USP). Jornalista, pós-graduado em Comunicação Organizacional. Coordenador de Projetos da Oficina Municipal.

  • Público alvo

  • Prefeitos; Vereadores; Secretários Municipais; Gestores, coordenadores e diretores de departamentos e órgãos públicos voltados à gestão de resíduos sólidos e outras demandas da área ambiental que dialogam transversalmente com programas de coleta seletiva; entidades do terceiro setor interessadas no assunto; cooperativas de coletores de material reciclável; estudantes e pesquisadores da área.

  • Parceiros

  • Fundação Konrad Adenauer

Oficina Municipal

Rua Padre Garcia Velho, 73 cj 61/64
05421-030, Pinheiros
São Paulo/SP Brasil