* Todos os campos são obrigatórios

Fique por dentro dos cursos e eventos realizados pela Oficina Municipal!

curso

voltar
  • Objetivos do curso

  • Apresentar conteúdo para a compreensão mínima da política municipal no contexto da Federação brasileira e introduzir conceitos essenciais para a percepção das possibilidades do fortalecimento da gestão local, como a cooperação intermunicipal, a subsidiariedade, descentralização e participação.

    Metodologia:

    Aulas expositivas dialogadas

    Temas:
    Administração Pública Municipal

  • Programa completo

  • O município no Brasil

    Na história das constituições brasileiras o município aparece com maior ênfase, na qualidade de ente federativo, no documento de 1988. O que isso representa? Quais os seus verdadeiros atributos em termos de políticas públicas e como se organiza administrativamente para o cumprimento dessas atribuições? Pensar o lugar do município na federação brasileira é o desafio desse encontro.

    Poder Executivo Municipal: o papel do prefeito

    Qual o papel político e administrativo do prefeito na realidade brasileira? Não apenas no que diz respeito àquilo que se espera constitucionalmente dele em termos de políticas públicas, mas o que exatamente tem como obrigação o mandatário local? O objetivo é compreender tal cenário, inclusive, observando características que possam contribuir numa análise de perfil desse cargo público. Nesse módulo em especial, teremos a oportunidade de ouvir um brasileiro que está vivenciando um mandato de Prefeito.

    Poder Legislativo Municipal: o papel do vereador

    Se por um lado compreendemos as funções e características de prefeitos, por outro é essencial compreendermos o que fazem e quem são os vereadores. O desafio maior dessa aula é esse, olhando, assim, para o fundamental papel dos vereadores na realidade local à luz da cultura política brasileira.

    Consórcios e arranjos cooperativos regionais

    Em alguns países do mundo federativo existem exemplos de entes intermediários entre as pequenas cidades e os estados. Uma forma de arranjar, ou contribuir, para a solução de problemas conjuntos que podem ser pensados de forma mais cooperativa. O que exatamente representa isso num país que oferta tais aproximações apenas como opções que, por vezes, são vistas de forma singularmente política? Podemos pensar em soluções entre cidades no plural? Certamente sim e esse é o grande desafio desse encontro.

    Governabilidade Municipal

    Governar por meio da formação de coalizões partidárias é uma regra conhecida dos sistemas políticos multipartidários, caso do Brasil. Não existe governo estável sem a formação de coalizões. Mas será que esta mesma explicação se aplica aos Governos Municipais? Será que é realmente muito parecido ou deduzimos isso com base no que vemos em Governos Estaduais e no Governo Federal? O que sabemos sobre governabilidade municipal?

  • Professores

  • Noimg-grid_2

    José Mario Brasiliense Carneiro

    Advogado com especialização em Direito Político, Administrativo e Financeiro pela USP/SP, Doutor em Administração de Empresas e Mestre em Administração Pública pela EAESP/FGV, com Pós-Graduação em Gestão de Projetos pelo PECE-EAESP/FGV e Teologia/Doutrina Social da Igreja pela Pontifícia Universidade Lateranense de Roma. Foi Coordenador de Projetos da Fundação Konrad Adenauer e Consultor da FUNDAP-Governo do Estado de São Paulo. É diretor-presidente e fundador da Oficina Municipal. 

    Oficinamunicipal-grid_2

    Humberto Dantas

    Cientista político, mestre e doutor pela USP, professor coordenador do curso de pós-graduação na FESP-SP, CLP e FIPE-USP. Coordenador dos cursos modulares de Cidadania e Política da Oficina Municipal. Conselheiro da Fundação Konrad Adenauer e da Oficina Municipal. Comentarista político da Rede Vida de Televisão. Blogueiro do portal Estadão.com.br.

    Oficinamunicipal-grid_2

    Sebastião Misiara

    Presidente da UVESP - União dos Vereadores do Estado de São Paulo. Jornalista, advogado e professor.

    Oficinamunicipal-grid_2

    Bruno Souza da Silva

    Bruno Souza da Silva, Doutorando em Ciência Política na UNICAMP. Mestre em Ciências Sociais pela Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (UNESP), Faculdade de Ciências e Letras de Araraquara, sendo também pesquisador do Laboratório de Política e Governo (LabPol/UNESP). Pesquisador do Grupo de Estudos Legislativos da UNICAMP e do Núcleo de Estudos sobre Política Local (NEPOL/UFJF). Graduado em Ciências Sociais pela mesma instituição (Bacharelado e Licenciatura). Diretor do Movimento Voto Consciente (MVC). Professor de cursos de Educação Política em projeto da Fundação Konrad Adenauer Stiftung nas periferias de São Paulo. Docente no Projeto "Parlamento Jovem" no município de Araraquara, parceria entre a UNESP e a Câmara Municipal de Araraquara (2014 e 2015). Sócio e consultor na empresa ARKOS - Educação, Criatividade e Consultoria em Política (2015 e 2016). Colunista político no blog "Legis-Ativo" do Jornal Estadão. Comentarista político em rádios e canais de televisão, sendo que entre 2014 e 2015 foi comentarista semanal da TV Cultura Paulista. Coordenador e docente no Programa de Educação Política da Laticínios Tirolez Ltda. (2018).

    Noimg-grid_2

    Rodrigo Aparecido Lopes

    Prefeito do Município de Andradas-MG

  • Coordenadores

  • Noimg-grid_2

    Eder Brito

    Mestre em Administração Pública (Korea  University); Mestrando em Gestão de Políticas Públicas (EACH-USP). Jornalista, pós-graduado em Comunicação Organizacional. Coordenador de Projetos da Oficina Municipal.

  • Público alvo

  • Cidadãos interessados em política, líderes comunitários, políticos e partidários, gestores e servidores públicos, profissionais do terceiro setor, empresários, profissionais liberais, professores e estudantes universitários, jornalistas, assessores políticos, professores secundaristas etc.

  • Parceiros

  • Fundação Konrad Adenauer

Oficina Municipal

Rua Padre Garcia Velho, 73 cj 61/64
05421-030, Pinheiros
São Paulo/SP Brasil